Gary Gensler SEC EUA
Para Gensler, o fato de cripto ainda não estar sob a “alçada de proteção ao investidor” deixa os investidores vulneráveis à fraude e manipulação desses mercados (Imagem: Reuters/Evelyn Hockstein/Pool)

O sucesso dos recentes fundos negociados em bolsa (ETFs) de futuros de bitcoin (BTC) nos Estados Unidos não deixou Gary Gensler, presidente da Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (SEC), mais confortável com o ativo cripto.

Em uma entrevista nesta manhã a Brian Cheung, do Yahoo Finance, Gensler disse que o fato de cripto ainda não estar sob a “alçada de proteção ao investidor” deixa os investidores vulneráveis à fraude e manipulação desses mercados.

“Sem essas proteções, vira basicamente o velho oeste”, disse Gensler.

Os comentários de Gensler foram uma resposta a se ele se sente mais confortável com a possibilidade de um ETF de bitcoin à vista, devido às recentes aprovações de produtos baseados em contratos futuros. A resposta do presidente da SEC deixou alguns especialistas em ETF com sentimento negativo.

O presidente da ETF Store, Nate Geraci, disse em um tuíte que estava esperando por uma aprovação em julho de 2022 para um produto à vista, mas os comentários de Gensler o fizeram reconsiderar a ideia.

“Honestamente, após ouvir os comentários do Gensler, não vejo como isso poderá acontecer”, escreveu Geraci em um tuíte. “Quanto tempo levará para o Congresso desenvolver uma estrutura regulatória aqui? Estou começando a pensar em 2023 ou depois disso”, acrescentou o presidente da ETF Store.



Fonte original