Bank of America BofA
Após criação de grupo de pesquisa cripto, Bank of America passa para o próximo estágio no mercado cripto com negociação de futuros de bitcoin (Imagem: Reuters/Mike Blake)

O Bank of America entrou no jogo da negociação de futuros de bitcoin (BTC).

O banco está compensando futuros de bitcoin liquidados em dinheiro, um tipo de contrato que é liquidado em dólar ao invés de bitcoin, segundo duas fontes. A CoinDesk foi a primeira a apresentar a informação nesta sexta-feira (16). 

De certo modo, a notícia não surpreende, pois a compensação de futuros liquidados em dinheiro físico em uma bolsa, como a Bolsa Mercantil de Chicago (CME), é semelhante à negociação de qualquer outro produto liquidado em dinheiro. 

Do mesmo modo, a notícia mostra que Wall Street está se preparando para o mercado de bitcoin. O banco Goldman Sachs relançou sua própria operação de negociação de criptomoedas, oferecendo a clientes a exposição a futuros de bitcoin por meio de parceiros de negociação, como a Galaxy Digital.

Goldman e Morgan Stanley também anunciaram iniciativas que irão oferecer produtos atrelados ao bitcoin para alguns de seus clientes com alto poder aquisitivo.

Quanto ao Bank of America, o suporte a futuros de bitcoin não será sua primeira tentativa de incursão ao mercado cripto. Recentemente, o banco criou uma equipe de pesquisa com foco no setor cripto. A nova unidade está sendo comandada por Alkesh Shah, que se juntou ao banco em 2013. 

O mercado de futuros de bitcoin esteve em queda nos últimos meses, o que foi concomitante à queda dos preços das criptomoedas.

Segundo o gráfico elaborado pelo The Block, o volume agregado de posições abertas aos mercados de futuros de bitcoin estão, atualmente, em US$ 11,8 bilhões, uma queda significativa em comparação aos US$ 27,6 bilhões do mês de abril.



Fonte original