O cofundador da gigante Apple (NASDAQ:) (SA:), atualmente a maior empresa do mundo, Stephen Wozniak, declarou seu otimismo em relação ao em uma recente apresentação no Talent Land Jalisco, no México.

Wozniak descreveu o Bitcoin como um “milagre matemático”. Em sua opinião, fica atrás do ativo virtual como reserva de valor.

“O ouro é limitado e você tem que procurá-lo. Bitcoin é o milagre matemático mais incrível. ”

No entanto, o cofundador da Apple compartilhou que ele não investe pessoalmente em bitcoin. Por outro lado, ele acredita que o ativo aumentará seu valor em relação às moedas fiduciárias e terá influência no futuro.

Desse modo, Wozniak se juntou a outros nomes proeminentes para delinear uma visão semelhante sobre o debate entre ouro e o bitcoin. Alguns deles incluem Michael Saylor da MicroStrategy (NASDAQ:) e Anthony Scaramucci da SkyBridge Capital.

No verão de 2020, Steve Wozniak entrou com um processo contra o YouTube por não tomar as medidas necessárias para evitar doações falsas de bitcoins. Antes de tomar essas ações legais, o cofundador da Apple pediu várias vezes à plataforma de compartilhamento de vídeos que desative os vídeos fraudulentos.

Os golpistas começam a transmitir ao vivo no YouTube se passando por pessoas ou empresas famosas e se oferecem para dobrar todos os fundos do BTC, que as vítimas enviam para seus endereços. Desnecessário dizer que todas as pessoas que caem em tais atividades duvidosas não recebem os fundos prometidos.

Quase um ano depois de iniciar uma ação legal contra o YouTube, Steve Wozniak perdeu o caso. O Tribunal Superior da Califórnia, Condado de Santa Clara, disse que a plataforma de compartilhamento de vídeo era protegida por lei federal.

Por Criptonizando

Fonte original