O investimento em criptomoeda está entre os três preferidos dos clientes de plataformas no Brasil. É o que aponta uma pesquisa da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP) em parceria com a gestora de fundos de criptoativos Hashdexe.

Atrás apenas aplicações em ações e em títulos privados de renda fixa, as criptomoedas têm chamado cada vez mais a atenção dos investidores. Isto se deve às altas significativas neste ano de 2021, alcançando recordes de cotação e expectativa de mais crescimento. 

Segundo o portal Money Times, em março o preço do bitcoin (BTC) chegou a US$ 64,5 mil e, na primeira quinzena de outubro, voltou à marca dos US$ 60 mil, para fazer brilhar os olhos dos investidores. Com este último aumento, o bitcoin agora tem uma capitalização de mercado de US$ 1,1 trilhão. Para comparativo: dez vezes maior que a estimada para o ouro.

Se o investimento vale a pena, como adquirir criptomoedas no Brasil? Quais são as melhores exchanges Bitcoin do país? A principal e considerada melhor do mercado atual é a eToro, pelas facilidades de compra. Seus usuários podem comprar no cartão de crédito, PayPal e outros métodos de pagamento, como a transferência bancária.

Além disso, a plataforma é intuitiva e segura, e oferece opções de comprar e negociar com o Bitcoin, ou transferir para a carteira de custódia da eToro. Todas as contas criadas na plataforma são verificadas, para evitar que usuários utilizem as corretoras para lavagem de dinheiro. 

Assim como a eToro, existem outras plataformas seguras para brasileiros adquirirem moeda digital. Confira:

Melhores Exchanges Brasileiras – 2021

  • eToro
  • Eightcap
  • Binance
  • Mercado Bitcoin
  • Foxbit
  • NovaDAX
  • Braziliex
  • Bitcâmbio
  • BrasilBitcoin
  • BitcoinTrade
  • Rípio



Fonte original