Bitcoin SV segue sofrendo ataques e Coinbase suspende negociações

O (BSV) sofreu um novo ataque de 51% na terça-feira (3), conforme relatou o brasileiro Lucas Nuzzi, da Coin Metrics. Esse ataque, segundo Nuzzi, causou a reorganização de mais de 12 blocos, bem como a criação de três versões da blockchain.

Como resultado, a exchange Coinbase (NASDAQ:) paralisou todas as negociações com o BSV. O anúncio foi realizado ainda na terça, através de uma breve nota no site da empresa.

“Devido ao ataque de 51% que ocorreu no BSV hoje, estamos paralisando todas as negociações da BSV”, disse a exchange.

Novo ataque reorganiza blocos

Segundo Nuzzi, uma primeira tentativa de ataque ocorreu na segunda-feira (2). Porém, os hackers não tiveram sucesso. Então, houve uma segunda tentativa no dia seguinte, a qual causou toda a reorganização dos blocos.

Logo após o alerta de Nuzzi, a Coin Metrics também confirmou a informação por meio da sua plataforma de segurança FARUM. A empresa foi além e disse que a reorganização poderia chegar até 14 blocos.

“Todos os nossos nós da FARUM testemunharam uma reorganização profunda de, no máximo, 14 blocos. Nenhum evento adicional foi testemunhado, mas ainda há conflitos de sincronização ocorrendo nos principais pools de mineração”, disse a empresa.

A Association também confirmou o ataque via seu Twitter e sugeriu que os nós repelissem as cadeias invasoras. Para isso, a associação divulgou um comando que deveria ser digitado pelos nós, o qual invalidaria a reorganização.

Após a divulgação da mensagem, os usuários do BSV começaram a retuitar o comando. Isto é, o consenso sobre qual cadeia da BSV foi validada ocorreu, curiosamente, por meio de um tuíte. Para os detratores do BSV, a criptomoeda criou o conceito de “Proof of Twitter”, visto que a rede “original” foi confirmada dessa forma.

Quinto ataque em menos de dois meses

Os ataques de 51% já viraram rotina no BSV desde o final de junho. Em um período de quase dois meses, a criptomoeda sofreu nada menos do que cinco ataques do tipo.

No último desses ataques, ocorrido no início de julho, também houve uma reorganização de blocos na rede. Após o ataque, o pool de mineração da Binance (Binance Pool) suspendeu a mineração de BSV. As negociações da criptomoeda não foram suspensas.

De acordo com a Bitcoin Association, o responsável pelos ataques seria um minerador desconhecido que opera através de um pool chamado Zulupool. No entanto, ainda não está claro se o ataque da terça-feira foi realizado pelo mesmo minerador.

Enquanto isso, o preço do BSV foi pouco afetado pelo novo ataque. Até o fechamento desta matéria, a criptomoeda está cotada a R$ 712,70, uma queda de 2,18% nas últimas 24 horas.

Por CriptoFácil

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.





Fonte original