A corretora de criptomoedas FTX fez mais uma aposta em esports e jogos ao fechar um acordo de patrocínio de sete anos com a desenvolvedora de videogames Riot Games para exposição da marca durante campeonatos de League of Legends (LoL). O contrato estabelece a corretora como a bolsa oficial de ativos digitais da “League Championship Series” (LCS), o maior evento competitivo do MOBA na América do Norte. O valor da negociação não foi divulgado.

Corretora de criptomoedas FTX fecha parceria com Riot Games (Imagem: Divulgação)

Corretora de criptomoedas FTX fecha parceria com Riot Games (Imagem: Divulgação)

A partir deste fim de semana, a marca FTX aparecerá durante a transmissão das partidas do LCS, nas quais a corretora irá apresentar tudo relacionado ao “ouro” dos jogos, a moeda utilizada dentro do LoL para comprar itens, por exemplo. No final de cada partida, a marca da exchange estará presente nos gráficos de ouro individual e total da equipe. Além disso, a FTX patrocinará diretamente o prêmio “Most Improved Player Award” (MVP) da competição.

Maior acordo de patrocínio já assinado para a LCS

Os termos financeiros do acordo não foram divulgados, embora a Riot Games tenha dito que foi o maior acordo de patrocínio que já assinou para uma liga de esportes eletrônicos. A parceria foi revelada dois meses depois que a FTX fechou outro contrato de vários anos com a organização de esports americana Team SoloMid (TSM), no valor de US$ 210 milhões. O negócio é o maior desse tipo na história dos jogos competitivos.

“Temos o orgulho de anunciar que a FTX é a corretora oficial de criptomoedas do LCS. Nossa parceria de sete anos com a FTX representa o maior acordo de patrocínio que a Riot já assinou para uma liga de esports”, afirmou a desenvolvedora em comunicado.

“Em cada parceria fechada para a LCS, consideramos o sentimento e os interesses de nossos fãs. Esses dados informam fortemente o nosso processo de tomada de decisão, nos ajudando a eleger os parceiros que são relevantes para o nosso público e podem impulsionar o LCS nos próximos anos”, acrescentou a Riot.

A empresa de games destacou que a parceria com a FTX foi movida a partir da análise de métricas que apontaram que o público jogador de League of Legends demonstra um crescente interesse por criptomoedas. Assim a escolha da FTX, que também busca cada vez mais adentrar esse universo de jogos e esports, pareceu lógica.



Fonte original