Conheça 5 criptomoedas que valorizaram até 153% na semana

O mercado de criptomoedas está aquecido. Nesta sexta-feira (29), o Bitcoin, a maior criptomoeda por valor de mercado, tinha se recuperado das correções dos últimos dias, sendo cotado a US$62,632.11 ou R$353,193.38, durante a escrita deste artigo, segundo o CoinMarketCap.

A segunda maior criptomoeda por valor de mercado, o Ethereum, registrou nesta sexta-feira sua alta histórica, ultrapassando US$ 4.450.

Além do Bitcoin e do Ethereum, outras 5 altcoins conseguiram desempenhos que animaram os investidores: Shiba Inu (SHIB), Descentraland (MANA), Curve DAO Token (CRV), Secret (SCRT) e Helium (HNT).

SHIBA INU (SHIB)

A criptomoeda SHIBA INU, (SHIB), estava cotada nesta sexta-feira a R$0.000407, com uma alta na semana de 153.37%, e uma capitalização de mercado de R$223,575,925,76.

Gráfico de 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

O Cointelegraph publicou que grandes investidores, conhecidos pelo mercado como “Baleias” estão no comando dos investimentos: 20 endereços controlam 75% do total de Shiba Inu em circulação.

Só para se ter uma ideia, o Shiba Inu subiu 878% nos últimos 30 dias e alcançou uma capitalização de mercado de US$ 36,7 milhões, mas apenas 20 endereços controlam a grande maioria de SHIB atualmente em circulação.

Decentraland (MANA)

A Decentraland (MANA) aparece na segunda colocação com uma valorização na semana de 54.12%, cotada nesta sexta-feira (29) a R$7.01 e com uma capitalização de mercado de R$12,743,552,414.

Gráfico de 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

Decentraland (MANA) é uma plataforma de realidade virtual fomentada na blockchain Ethereum, que permite que os usuários criem, experimentem e monetizem conteúdos e aplicativos.

A plataforma busca incentivar uma rede global de usuários a operar um mundo virtual compartilhado. 

Neste mundo virtual, os usuários compram lotes de terra para depois serem percorridos, construídos e monetizados.

Decentraland foi lançada em 2017 e lançou sua versão beta fechada em 2019, abrindo ao público em fevereiro de 2020. 

Desde então, os usuários criaram um amplo conjunto de experiências em seus pedaços de LAND, incluindo jogos interativos, cenas 3D extensas e uma variedade de outras experiências interativas.

Os tokens MANA também podem ser usados para pagar por uma variedade de avatares, vestuários, nomes e muito mais no mercado Decentraland.

Curve DAO Token (CRV)

Curve DAO Token (CRV) é o terceiro token na nossa lista. Cotado a R$27.19 nesta sexta-feira (29), teve uma valorização de 52.59% em uma semana, com uma capitalização de mercado de R$11,244,105,286

Gráfico de 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

CRV é o token nativo da corretora de criptomoedas Curve, uma exchange descentralizada para stablecoins que utiliza o formador automático de mercado (AMM) para administrar a liquidez.

Em agosto, Curve lançou uma organização autônoma descentralizada (DAO), com o CRV como seu token interno. 

A DAO utiliza a ferramenta de criação baseada na plataforma Ethereum chamada Aragon, para conectar múltiplos contratos inteligentes utilizados pelos usuários para depositar liquidez. No entanto, questões como governança diferem da ponderação do Aragon e outros aspectos.

Como o Cointelegraph publicou, dados da VORTECS™ do Cointelegraph Markets Pro começaram a detectar uma perspectiva de alta para o CRV em 25 de outubro, antes do recente aumento de preço.

O aumento do preço do CRV ocorre à medida que o protocolo continua a estabelecer parcerias e integrações em todo o ecossistema de criptomoedas em múltiplas redes de primeira e segunda camadas

Secret (SCRT)

O token Secret (SCRT) estava cotado nesta sexta-feira (29) a R$51.10, com uma alta em sete dias de 48.22% e uma capitalização de mercado de R$7,655,599,458.

Gráfico de 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

A Secret Network é um protocolo blockchain com privacidade de dados integrada para contratos inteligentes e aplicativos descentralizados que é alimentado por seu token SCRT nativo.

De acordo com dados do Cointelegraph Markets Pro, as condições de mercado para o SCRT são favoráveis ​​há algum tempo.

O aumento do preço e do ímpeto do SCRT veio após o lançamento dos primeiros tokens não-fungíveis anônimos (NFTs) na Secret Network, que foi possível graças a uma recente parceria com o maior mercado de NFT, OpenSea.

Helium (HNT)

O token Helium (HNT) estava cotado nesta sexta-feira (29) e R$160.64, com uma valorização em 7 dias, de 32.48% e uma capitalização de mercado calculada em R$16,216,598,630.

Gráfico de 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

Helium (HNT) é uma rede descentralizada de blockchain para dispositivos de Internet das Coisas (IoT).

A rede Helium foi lançada em julho de 2019, e permite que dispositivos sem fio de baixa potência se comuniquem entre si e enviem dados através de sua rede de nós.

Os nós se apresentam em forma dos chamados Hotspots, que são uma combinação de gateway sem fio e um dispositivo de mineração em blockchain. 

Os usuários que operam os nós ganham recompensas na criptomoeda nativa do Helium, o token HNT.

O objetivo do Helium é preparar a comunicação IoT para o futuro, atuando desde seu nascimento em 2013 para identificar irregularidades na infraestrutura atual.

LEIA TAMBÉM:



Fonte original