Vitalik Buterin mais uma vez “jogou fora” diversas criptomoedas com temas de cachorro, as quais nunca quis ter.

Enquanto a atenção do mercado está toda no bitcoin por conta da nova máxima histórica, o cofundador do Ethereum chamou a atenção no Twitter após “jogar fora” trilhões de tokens com tema de cachorro de sua carteira digital pública, de acordo com dados do blockchain.

Os tokens são como novas versões da dogecoin, criptomoeda-meme representada por um cachorro da raça Shiba Inu e que se tornou um dos maiores ativos digitais do mundo.

Buterin enviou grande parte dos tokens para a corretora de criptomoedas descentralizada Uniswap, incluindo 300 trilhões de jejudoge, mais de 223 trilhões de kishu inu, 370 bilhões de baby shiba e quase 120 trilhões de huskytoken.

Apesar dos números impressionantes, nenhum dos montantes valia mais que 800.000 dólares no momento das transações, de acordo com o Etherscan.

Em um sistema que não necessita de permissões, todos são bem-vindos para enviar ativos para endereços publicamente conhecidos. O que a pessoa que receber esses ativos fará com eles não precisa de aprovação do remetente.

 

Após as transações, a maioria desses tokens ficou no vermelho, de acordo com o CoinMarketCap. A queda da baby shiba foi a mais significativa: o preço do token caiu mais de 70% dentro de apenas 24 horas.





Fonte original