Os tokens de games ganharam atenção e popularidade no mercado de criptomoedas, isso porque as pessoas começaram a enxergar um potencial de ganho após alguns desses tokens valorizarem substancialmente nos últimos meses.

Um exemplo deles é o Axie Infinity (AXS), que obteve um crescimento acima de 12.000% do seu valor somente neste ano, segundo dados do Coinmarketcap. Além disso, estas plataformas, como o Axie, inauguraram uma nova forma de interação entre os jogadores e os jogos, viralizando o modelo play-to-earn, no qual os jogadores ganham criptomoedas por sua interação com o jogo.

Segundo Wilton Gomes, analista de operações financeiras da BlueBenx, empresa brasileira de Bitcoin (BTC) e criptomoedas, um dos motivos do sucesso dos tokens de games é que eles são democráticos, onde não é necessário jogar para poder investir.

“Ao conhecer um pouco sobre cada token e os jogos, é possível perceber uma similaridade entre eles, já que todos consistem, basicamente, em jogar e ganhar por isso. Mas por serem tokens, ou seja, ativos que podem ser negociados, o investidor que não tem interesse em jogar pode aproveitar e também aplicar em alguma das criptos de games. A supervalorização desses ativos em pouco tempo é um ponto que também chama atenção do mercado”, explica.

De acordo com Gomes, qualquer um pode começar a investir nos tokens de games.

“Mesmo quem não tenha costume de investir, pode conhecer um pouco mais a respeito destes ativos. Além da possibilidade de jogar nas plataformas e ganhar por isso, é possível investir nos principais ativos listados nas exchanges. A questão é que por ser um investimento, é preciso alinhar estratégias assertivas para não ter prejuízos”, completa Wilton.

O analista pontuou ao Cointelegraph 7 tokens de games para os investidores prestarem atenção, incluindo o AXS. Confira.

Axie Infinit (AXS)

O Axie Infinit foi lançado em novembro de 2020 e consiste em um jogo de negociação e batalhas baseado na rede blockchain, operado de forma parcial pelos próprios jogadores. Inspirado em jogos populares como Pokémon, o AXS permite que seus jogadores criem, lutem e troquem as criaturas, que são os tokens de Axies.

Em 2021, a valorização do AXS até o momento foi de 12.250%. Um dos diferenciais do ativo é que ele segue o conceito play-to-earn (em português jogue e ganhe). 

GALA

A GALA é um NFT de games criada em setembro de 2020 que também segue o conceito play-to-earn e conquistou uma valorização de 362,20%, segundo informações do Coinmarketcap.

Apesar de funcionar dentro da rede blockchain, o jogo é aberto para que outras pessoas consigam participar, mesmo que não dominem a linguagem cripto. Na plataforma, é possível que os participantes também criem games com base em NFTs. 

Aliem Worlds (TLM) – Alien Worlds

Criado em abril de 2021, o Alien Worlds também é um token para ficar de olho. Desde seu lançamento, teve uma valorização superior a 66% e consiste em um ambiente de metaverso descentralizado e não fungível (NFT).

Nesse mundo virtual, os jogadores competem recursos escassos, como o Trilium (TLM), uma criptomoeda do próprio jogo para conquistar o direito sobre os planetas existentes. 

ALICE (My Neighbor Alice)

A ALICE é um NFT do jogo virtual My Neighbor Alice criado em março de 2021, que já teve uma valorização de aproximadamente 10.000%. Com a inspiração em games como Animal Crossing, o My Neighbor Alice é um jogo de construção, onde os participantes conseguem comprar e ter posse sobre ilhas virtuais e, assim, arquitetar itens dentro do jogo.

Como recompensa, os jogadores conseguem negociar o ativo ALICE.   

MANA (Descentraland)

O metaverso Descentraland foi lançado em setembro de 2017 e roda por meio da rede blockchain Ethereum (ETH). Ele permite que os jogadores comprem lotes de terreno para realizar suas construções.

Sendo um espaço de realidade virtual, o game permite que seus jogadores criem e experimentem conteúdos e aplicativos dentro da plataforma, além ainda de poder ganhar em cima disso com o token MANA. Somente em 2021, a valorização do MANA foi de 793,51%. 

SAND (Sandbox)

Assim como o TLM, o SAND (Sandbox) funciona por meio de uma plataforma descentralizada combinada aos tokens não fungíveis (NFTs). Sendo um dos mais antigos, foi lançado em dezembro de 2017 e neste ano conquistou uma valorização de 1.780,34%.

Os jogadores conseguem construir e comercializar seus ativos no ambiente virtual utilizando a moeda SAND. 

MBOX (Mobox)

Baseado na Binance Smart Chain, o c funciona como uma plataforma NFT para que os jogadores possam criar, jogar e ganhar os tokens MBOX. Um dos diferenciais é que ele combina o modelo de staking Defi, que permite um rendimento apenas por deixar o ativo na plataforma.

Foi lançado em abril de 2021 e desde então atingiu uma valorização de aproximadamente 124%.

LEIA MAIS

Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

Obtenha seu link agora na OKEx!



Fonte original