Chamada de “a pesquisa do fim do mundo” por analistas políticos, a XP/Ipespe mostrou um cenário pavoroso para o Brasil e possivelmente incrível para o preço do bitcoin. 

A pesquisa de intenção de votos publicada ontem pela XP mostra que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está crescendo nas simulações de primeiro e segundo turno. 

Pesquisa XP eleições

Em todos os cenários Inácio Lula lidera com ampla vantagem, enquanto Ciro Gomes se fortalece e Bolsonaro derrete completamente. 

Preço do Bitcoin pode disparar em 2022

Apesar da rede do Bitcoin ser completamente independente de políticos, o preço do criptoativo no par real (BRL) pode ser afetado pela situação econômica e financeira do país. 

No governo Bolsonaro, os bitcoiners viram seu patrimônio crescer em 18 vezes perante a moeda brasileira. Nos Estados Unidos, a valorização do BTC/USD foi de ‘apenas’ 14 vezes. Isso significa que um investimento de R$10.000 em BTC no primeiro dia do governo atual teriam se transformado em R$~180.000,00. 

Ao mesmo tempo, a base monetária do Brasil cresceu ~3,5 vezes mais que a norte-americana. 

Base monetária Brasil x EUA

A realidade é que o governo Bolsonaro imprimiu mais dinheiro que Lula, segundo dados do próprio Banco Central do Brasil (BCB). 

Base monetária restrita

Contudo, o crescimento da base monetária atual seria “fichinha”  para os planos expansionistas do atual líder das pesquisas, que defendeu a criação de 300.000.000.000 de moeda nova “só para gastar com o coronavírus”, confira o vídeo:

A proposta de Lula poderia praticamente duplicar a base monetária restrita, aumentando o endividamento do Brasil e diminuindo o valor de cada real em circulação. Com o real valendo menos, o preço dos ativos (como o Bitcoin) provavelmente iria disparar. 

Isso poderia ser péssimo para o Brasil em geral e incrível para o valor nominal do bitcoin em BRL.

 Mas até para os bitcoiners a situação poderia piorar com a alta da inflação monetária. Em países como Argentina e Venezuela, que enfrentam processos inflacionários, os crimes cresceram, há falta de alimentos e itens básicos. 

Bitcoin é o melhor hedge contra políticos

Como podemos ver no gráfico acima, a base monetária continua expandindo independente dos governos e ideologias políticas, assim como a dívida brasileira que já passa de R$30 mil por pessoa

Desde sua criação, o real já perdeu 85% do seu valor. Isso significa que R$1 hoje equivale a R$0,15 em 1994. Governos de centro, direita e esquerda passaram pelo poder e mesmo assim o seu dinheiro vale menos a cada dia. 

É por isso que apostar no bitcoin é a maneira mais inteligente de se proteger contra políticos corruptos, confiscadores de poupança e governos ineficazes. 

A criptomoeda funciona sem a necessidade de um órgão central, tem um total de 21 milhões de unidades máximas e pode ser transportada facilmente se você precisar sair do país. 

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte original