A empresa de mineração de Bitcoin baseada na Pensilvânia, Stronghold Digital Mining, entrou com um pedido de oferta pública inicial de US$ 100 milhões com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos.

A empresa entrou com seu formulário S-1 na terça-feira (27) e, se receber luz verde da SEC, a Stronghold pretende listar suas ações ordinárias Classe A na Nasdaq Global Market sob o ticker “SDIG”.

A Stronghold é uma empresa de mineração de Bitcoin com foco sustentável e verticalmente integrada que foi fundada em 2021. Em junho, o Cointelegraph relatou que a empresa concluiu dois levantamentos de títulos de patrimônio privado no valor de US$ 105 milhões.

De acordo com o novo processo, a Stronghold usará os fundos para fins corporativos gerais, como “aquisições de mineradoras e ativos de geração de energia”, com a empresa delineando planos para aumentar significativamente sua capacidade total de taxa de hash:

“Com parte dos recursos desta oferta, pretendemos adquirir mais 27.900 mineradoras, que prevemos que levará nossa capacidade total de taxa de hash para aproximadamente 3.000 PH/s em dezembro de 2021 e para mais de 5.300 PH/s em dezembro de 2022.”

A empresa afirmou que atualmente opera cerca de 1.800 máquinas de mineração de cripto com uma capacidade de taxa de hash estimada de 85 petahashes por segundo (PH/s) e já tem mais máquinas a caminho.

A Stronghold celebrou “três acordos definitivos com vários fornecedores” para comprar mais de 27.000 máquinas de mineração, que a empresa estima que terão uma capacidade de taxa de hash total mínima de 2.600 PH/s. A expectativa é adquirir 93% das máquinas em 2021 e os 7% restantes entregues em 2022.

A empresa opera o que descreve como “instalações de geração de energia de baixo custo e ambientalmente benéficas” e extrai Bitcoin (BTC) convertendo carvão residual em energia em uma escala equivalente a uma usina hidrelétrica de “grande escala”, e estima que para cada Bitcoin ela minera, 200 toneladas de carvão residual são destruídas.

A Usina no município de Scrubgrass no Condado de Venango é a primeira instalação de geração de energia da empresa, e os processos de geração de energia da empresa permitem reabilitar grandes áreas de terra que foram devastadas como resultado da drenagem ácida de carvão residual.

A Stronghold também afirmou no processo que pretende alojar as novas máquinas de mineração nas suas instalações atuais, bem como em duas novas fábricas que está a trabalhar para adquirir.

A primeira é a “Panther Creek Energy Facility” – uma instalação de geração de energia com refugo de carvão sob contrato de compra – e a segunda é uma instalação não nomeada que usa os mesmos métodos de reciclagem de carvão, que a Stronghold tem uma carta de intenção de compra.

VEJA MAIS:

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!



Fonte original